Vai viajar para prestar concurso? Confira 5 dicas e evite surpresas

Viajar para prestar concurso público tem lá suas particularidades e algumas vantagens, contudo alguns cuidados são necessários.

As vantagens vão desde a menor concorrência, pois nem todo mundo tem grana para as viagens, até a possibilidade de maior qualidade de vida no novo destino, caso aprovado.

E é sobre tais cuidados que vamos falar. Se uma viagem de férias já é trabalhosa, viajar para prestar concurso em outra localidade exige atenção redobrada, já que você não pode se dar ao luxo de ter algum imprevisto.

Considerando toda a carga de preparação para as provas, a estruturação do plano de estudos, a constante luta contra a procrastinação e a temida prova de redação, é importante que a preocupação com a viagem não seja pesada a ponto de ocupar demasiadamente seu precioso tempo de estudos.

Então, aproveite a leitura e confira as 5 dicas que separamos para você.

1. Estude a cidade

Claro que, muitas vezes, a localidade da prova não é aquela onde você prestará os serviços. Portanto, estudar a cidade poderá evitar imprevistos durante o período em que você mais precisará de serenidade e concentração.

Procure conhecer os tipos de transporte que poderão ser utilizados no dia da prova. Algumas cidades possuem serviços de metrô, mas outras oferecem somente ônibus. E é sempre bom pesquisar as tarifas de táxi praticadas naquela localidade.

Essas informações o ajudarão a procurar por opções de hospedagem estrategicamente localizadas e com custo aceitável. Se ficar muito caro se hospedar próximo ao destino, um transporte acessível e rápido lhe garantirá segurança no dia do exame.

Outros aspectos como clima e, até mesmo, fuso horário são importantes e podem ser determinantes em seu planejamento. As horas nas regiões Norte e Nordeste, que variam em decorrência do horário de verão, não podem passar despercebidas.

As variações da estação ajudarão você a planejar a bagagem, por menor que ela seja. Roupas confortáveis ajudam a controlar seu humor.

2. Defina o transporte

Os recursos para sua viagem precisam ser bem administrados. Dependendo da cidade onde as provas serão realizadas, o meio de transporte é fundamental.

Para deslocamentos de até 200 quilômetros, considere utilizar um carro próprio ou mesmo compartilhar com amigos que prestarão provas na mesma localidade. Dependendo da quantidade de pessoas, o custo pode ser interessante e resolve o problema de deslocamento no dia do exame.

Se essa não for uma possibilidade, as opções serão viajar de ônibus, avião ou, ainda, em excursões específicas para concurseiros.

Para essas opções, é importante pesquisar com bastante antecedência o tempo de viagem e o preço da passagem. Comprar passagens aéreas antes é sempre mais barato do que deixar para a última hora.

As passagens de ônibus não sofrem alterações no preço, mas a disponibilidade de lugares pode ser um fator complicador. E, dependendo da distância, o melhor é chegar ao local uns 2 dias antes da prova para evitar imprevistos durante a viagem e se aclimatar à cidade.

No caso de excursões, é prudente pesquisar o histórico da empresa antes de contratar os serviços. Sua presença no dia da prova em boas condições físicas e psicológicas não pode correr riscos.

3. Pesquise as opções de hospedagem

O objetivo de sua viagem não permite luxo ou supérfluo. O que você precisa é se acomodar bem, ter uma boa noite de sono e revisar as matérias, em especial as que você ainda se sente um pouco inseguro. E nada de ansiedade!

Nesse cenário e dependendo das suas condições financeiras, as opções podem ser um hotel convencional, um hostel ou mesmo residências de moradores que oferecem esses serviços por meio de aplicativos.

Existem quartos confortáveis e com preços acessíveis em residências que oferecem conforto e segurança na contratação.

Independentemente do tipo de hospedagem, faça a reserva com antecedência. Depois de pesquisar a cidade, as opções de estadia e considerar as possibilidades de deslocamento, você terá informações suficientes para planejar a viagem.

4. Comece a preparação no dia anterior

Parece estranho, mas a aclimatação poderá afetar positivamente seu humor e disposição para o dia da prova.

Aproveite o dia anterior para visitar o local das provas e analisar as possibilidades de deslocamento. Se a cidade das provas for também o futuro local de trabalho, aproveite para se familiarizar com o ambiente.

Procure se sentir bem à vontade, pois essa disposição o ajudará na velocidade de raciocínio e acesso mental às matérias estudadas.

Tome cuidado para evitar relaxamento em excesso. Mantenha em mente seu objetivo com a viagem, evite bebidas alcoólicas e procure dormir cedo. Antes disso, uma revisão rápida pode ser proveitosa, pois o sono é fator de reforço na assimilação de conteúdo.

Se você for aluno de um curso on-line, melhor ainda! Basta acessar o conteúdo desejado e caprichar na revisão!

Claro que sua preparação já foi feita dentro de um planejamento bem estruturado de estudos. A revisão servirá para ativar sua memória recente num esforço final para sua capacitação.

5. Cuide-se

Sabemos que concurseiros devem se cuidar todo o tempo. Atenção à alimentação, horas de sono, planejamento, técnicas de estudos e memorização fazem parte da rotina.

Nos dias que antecedem às provas, esse cuidado precisa ser mantido tanto durante a viagem como depois de chegar ao destino.

Se a viagem for longa, considere levar lanches saudáveis e preparados anteriormente. Frutas, sanduíches caseiros e bebidas naturais são excelentes opções. Mantenha seu cardápio e não descuide da hidratação.

No dia anterior, é aconselhável evitar comidas típicas da região, pois nunca se sabe como seu organismo reagirá a determinados ingredientes. Por mais saborosas que pareçam, o melhor é deixar para experimentar a culinária típica depois dos exames.

Uma vez finalizadas as provas, está tranquilo de que fez tudo o que podia em relação à preparação, estudos, dedicação e empenho? Então, se sobrar tempo, é hora de aproveitar para curtir o local.

Independentemente de onde acontecerão as provas, antes de se decidir por um concurso, alguns aspectos gerais devem ser considerados:

  • A remuneração e os benefícios serão suficientes para suportar o custo de vida nas regiões previstas para a prestação de serviços?
  • O horário de trabalho lhe permitirá continuar estudando e se especializando de maneira a construir sua carreira de forma sólida e promissora?
  • A área de trabalho oferece perspectivas a médio e longo prazos naquela função?
  • Uma vez aprovado e convocado, quais serão os próximos passos?

Optar pela carreira pública deve ser encarado como projeto de vida. Como tal, bases sólidas assegurarão longevidade e qualidade de vida na carreira.

Então, está decidido a viajar para prestar concurso? Compartilhe este post com seus amigos e comece a planejar sua viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.