A importância da redação: como conseguir uma boa nota

Redação

A redação é fundamental para passar em certos concursos. Apesar disso, ainda são muitas as pessoas que sentem dificuldade em redigir boas redações. Por isso, acabam desclassificadas.

Existe algum segredo para atingir uma boa nota em redação? Ou conta somente algum talento natural? O que fazer para não deixar que a redação te exclua de uma vaga?

A estrutura da redação

Antes de qualquer coisa, é preciso ater-se aos detalhes técnicos. Os títulos, muitas vezes, são dispensados, devendo o candidato simplesmente explorar o tema. Uma redação se compõe de 3 partes fundamentais:

  • Introdução: corresponde ao primeiro parágrafo, apresentação do assunto que será abordado;
  • Desenvolvimento: em geral, são 2 ou 3 parágrafos que desenvolvem todo o assunto, devem ser claros e sucintos (o candidato deve condensar suas ideias de maneira que a banca examinadora não tenha dificuldades em interpretá-las);
  • Conclusão: é o último parágrafo, deve fechar a redação com chave de ouro, mostrando suas considerações finais sobre o assunto.

Esses 3 elementos formam o conteúdo. A introdução é o ponto de partida. O desenvolvimento é o trajeto, a trilha a ser percorrida. A conclusão é o ponto de chegada.

Ortografia e gramática

Outro aspecto a ser considerado é o que se refere à ortografia e à gramática. É preciso evitar erros de escrita, concordância verbal e nominal, flexão e assim por diante. É importante também que sua letra seja legível. Mais um detalhe: sua redação deve seguir as regras do Novo Acordo Ortográfico.

Alguns erros muito frequentes são os de separar sujeito do predicado com vírgula, acentuar de forma errada, não respeitar a concordância e a regência. Caso sinta dúvidas sobre a regência de um verbo (transitivo direto, indireto ou bitransitivo), evite usá-lo, substituindo-o por outro ou mexendo na estrutura da oração.

Como elaborar o conteúdo

É essencial que suas ideias estejam bem organizadas no papel, apresentem coesão textual (todas as partes da redação devem estar integradas entre si). Nesse ponto, muitas pessoas acabam se perdendo, pois sentem dificuldades em passar uma mensagem clara e coerente.

Para evitar esse problema, é importante treinar sempre, escrevendo em casa sobre temas diversos. Só escrevendo, você terá domínio sobre o uso das palavras e dos recursos linguísticos, desenvolvendo seu próprio estilo.

É bom variar sua leitura: ler um texto de algum escritor famoso (ou mesmo um livro completo), um texto jornalístico, uma resenha e outras redações que tenham recebido boa pontuação em concursos anteriores.

Lembre que na redação você terá que passar sua opinião. Mesmo que narre um fato ou descreva uma cena, faça isso somente para ilustrar melhor sua opinião.

Um bom cursinho pode te passar boas dicas.

Associação de ideias

A melhor forma de desenvolver um texto coeso é associando ideias, sempre fazendo paralelos para encontrar a melhor expressão, a frase de maior efeito. Restrinja suas possibilidades para não se perder em meio a um turbilhão de ideias contraditórias. Ao contrário do que parece, quando você limita suas possibilidades, suas opções aumentam.

Outros pontos a considerar

Cuidado, pois é possível que a banca, ao invés de pedir uma dissertação, peça uma explicação ou descrição de certo assunto. Nesse caso, você terá que fazer exatamente o que ela manda. Pode ser uma explicação sobre uma determinada tarefa, uma lei, um procedimento técnico. Isso pode ser feito em 2 ou 3 parágrafos, sem introdução, nem desenvolvimento, nem conclusão.

Controle seu tempo e respeite o limite de linhas. Só use diretamente a folha oficial se sentir-se suficientemente seguro – caso contrário, use o rascunho.

Está se preparando para fazer uma boa redação? Aproveite para assinar a nossa newsletter e receber dicas quentes sobre concursos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.