Como passar em um concurso público entre os melhores?

Para quem busca estabilidade profissional e, na maioria das vezes, bons salários, os concursos públicos são uma mão na roda. O problema é que as provas, além de concorridas, podem ser um momento de muito estresse para quem busca uma tão sonhada vaga. A rotina pode gerar ansiedade e muito nervosismo, por isso, além de ter conhecimento, é essencial saber gerenciar as suas emoções durante a caminhada.

Existem diversas bancas e cada uma com suas particularidades, abordando questões dissertativas, enormes bibliografias, conteúdos aprofundados e até mesmo teorias conflitantes, além de doutrina e jurisprudência. Portanto, saber se preparar é a chave para o sucesso. Também é fundamental dominar técnicas de estudo, saber usar o tempo a seu favor, desenvolver disciplina e focar no que precisa ser feito.

Se você vive se perguntando como passar em um concurso público e não sabe como começar ou tem muitas dúvidas, fique tranquilo, nós vamos te ajudar nisso. Confira nossas dicas e fique entre os melhores colocados!

Leia o edital com atenção

O primeiro passo para passar em um concurso público é, sem sombra de dúvidas, ler o edital. Pode parecer banal a princípio, mas nele estão todas as informações sobre a prova, o local onde serão realizados os exames, as datas e horários, os conteúdos que serão cobrados e até toda a documentação necessária.

Ao ler tudo com atenção e grifar pontos importantes, você já começa o seu preparo, estipulando prazos, tomando conhecimento sobre a bibliografia e avaliando se você é realmente elegível para a vaga.

Neste sentido, o edital é o seu melhor amigo durante a sua preparação. Por meio dele, que você fará o seu cronograma e organizará a sua vida em função do concurso. Portanto, imprima-o e deixe em um lugar visível, ou se preferir, deixe a salvo no computador. Não se esqueça de acessar o site da organizadora com frequência, porque o documento pode sofrer várias alterações até o dia da prova. Desta forma, você precisa conhecer ao máximo cada detalhe do edital.

Monte um cronograma de estudos

Montar um cronograma de estudos ajuda e muito na organização das suas tarefas, pois é bem provável que você precise se dedicar a diversas áreas de estudo, com diferentes estilos de texto e conhecimentos específicos. Por isso, é importante ter um calendário com todos os seus afazeres e datas importantes do edital, o que possibilita um planejamento viável.

Dessa maneira, você dedica mais horas para os assuntos que tem mais dificuldade e menos para aqueles que você já é craque, planeja tempo para o dever e também para o lazer. Para criar o seu, você pode utilizar o bom e velho “papel e caneta” ou contar com um smartphone ou tablet.

O seu planejamento de estudo deve ser real. Ou seja, deve ser compatível com a sua realidade. Por exemplo, não adianta marcar de estudar 8 horas por dia, se você pode se dedicar 3 horas. Isso pode gerar muita ansiedade e nervosismo. Por isso, o primeiro passo é organizar a sua rotina, para fazer o seu planejamento de estudo.

Em uma folha faça uma coluna com os horários e outa com os dias da semana. Escreva os seus compromissos, como trabalho, faculdade, ou seja, os eventos fixos. Depois, defina os horários de estudo. Faça o seu planejamento a lápis! Alterações são muito comuns, porque o planejamento de estudo não deve ser fixo e imprevistos podem acontecer.

Separe um tempo para descansar, relaxar e renovar as energias. Você precisa estar bem para aprender e memorizar o conteúdo. Desta forma, é fundamental que tenha tempo para a família, seus amigos e as pessoas que estão ao seu lado torcendo por você. Separe o sábado à noite ou o domingo para descansar. Não deixe de colocar isso no seu planejamento de estudo, viu? Desta forma, você pode estudar durante o dia no sábado e sair à noite, ou tirar o domingo para descansar.

Lembre-se de que o seu planejamento de estudo deve ser organizado. Se você não conseguiu cumprir as suas metas, não se sinta culpado. Valorize cada esforço que tem feito para conquistar a sua aprovação. Aproveite a sua caminhada e busque dar o seu melhor em cada ação. O foco deve ser no processo, e não no objetivo final. A sua classificação será consequência do seu estudo

Converse com outros concurseiros

Uma ótima maneira de se preparar é contar com a ajuda de quem já está nesse processo há um tempo. Procure outros concurseiros e tire suas dúvidas sobre provas específicas, apostilas valiosas para determinadas bancas, estilo de avaliação de cada uma etc.

Faça perguntas como “As provas cobram um raciocínio lógico ou são mais decoradas?”, “Como deve ser a estrutura das questões dissertativas?”, “É preciso saber a lei ao pé da letra?”, entre outras. Todas elas podem ser respondidas por alguém que também está na luta pela aprovação e já está há mais tempo na caminhada.

Estudar em grupo também pode ser muito produtivo, se você e seus amigos conseguirem manter o foco. Cada estudante tem afinidade para uma disciplina, e o estudo em grupo permite compartilhar o conhecimento. Por exemplo, você pode ter dificuldade em português, mas o seu amigo pode te ajudar a entender a matéria. Desta forma, o estudo em grupo proporciona a troca de conhecimento, ou seja, um aliado para ajudar na aprovação de vocês. Além disso, cada integrante pode motivar o outro, dar conselhos, sugerir estratégias de estudo e se aperfeiçoarem para sanar as dificuldades que existem na vida do concurseiro.

Outra vantagem, é que todo conteúdo tem um ponto-chave que precisa ser memorizado. Você pode esquecer um detalhe, mas um integrante do grupo pode lembrar. Ao estudar em grupo, além de rever o conteúdo, você relembra detalhes que podem ter passado despercebidos durante o seu estudo e, como consequência, você mantêm os conhecimentos na sua memória de curto e longo prazo.

Estude com provas antigas

Além de conversar com outros colegas, uma das melhores formas de se preparar para um concurso é praticar usando as provas anteriores. Você as encontra disponíveis em diversos materiais e páginas da internet e, por mais que algumas bancas muitas vezes não disponibilizem as provas, sempre correm entre os estudantes algumas questões e exemplos de provas antigas.

Elas podem ajudá-lo a se habituar ao estilo das perguntas, se organizar quanto ao tempo e também analisar em quais partes do conteúdo você precisa ter mais foco e qual você pode ir mais devagar. Em outras palavras, elas fornecem uma boa simulação de como podem ser os exames. Além disso, você conhece o perfil da banca organizadora, os tipos de questões mais comuns e as principais pegadinhas.

Escolha um local de estudos adequado

Para conseguir um estudo de qualidade, não adianta buscar lugares muito barulhentos, movimentados e com interrupções constantes. Quanto mais silencioso e confortável for o espaço, melhor.

Procure por bibliotecas e salas de estudo em sua cidade ou, se preferir estudar em casa, escolha um cômodo tranquilo, arejado e bem iluminado. Jamais estude com TV ou música ligada, nem tenha o celular em mãos, pois esses tipos de distrações são altamente prejudiciais à qualidade de seu aprendizado.

Lembre-se de que estudar em casa requer foco e concentração para conseguir render o máximo possível, e o ambiente influencia diretamente no estudo. Ter um local adequado, com a paz e tranquilidade necessárias para o estudo, necessita de algumas medidas que podem ser tomadas no seu dia a dia.

Um ambiente de estudo adequado precisa necessariamente de uma cadeira e uma mesa para o estudo, eles são quase tão importantes quanto os livros. Quem estuda para concurso precisa dedicar muitas horas diariamente para a atividade, e o corpo precisa estar confortável para isso. De preferência, siga os padrões de ergonomia para alcançar uma condição perfeita de estudo. Lembre-se de que você passará muito tempo no seu “cantinho de estudo”.

Além disso, mantenha tudo organizado, sobretudo os materiais que você vai precisar. Por exemplo, se for estudar português, deixe os livros, apostilas e tudo o que for precisar do seu lado. Muitas vezes, gastamos muito tempo procurando por materiais, por isso deixe tudo separado para economizar tempo!

Otimize seu tempo

A vida de um concurseiro é muitas vezes corrida, seja pelo conteúdo a ser estudado seja pela necessidade de conciliar estudos e trabalho. Por esta razão, otimizar seu tempo é imprescindível.

O que isso quer dizer na prática é que você deve se programar de maneira mais produtiva a fim de não perder momentos preciosos que poderiam ser dedicados aos estudos. Por exemplo, se você fica muitas horas no trânsito, escute gravações de aulas. Vai correr? Aproveite para ouvir um áudio. Está na fila do banco ou supermercado? Leias as suas fichas para fazer uma revisão. Use o tempo a seu favor.

Até você passar no concurso que almeja, precisa ser chato com os estudos. Talvez, terá que perder churrasco em família, festa com a turma ou balada com a sua melhor amiga. Se o edital estiver publicado, você deve priorizar ao máximo o seu objetivo. Você terá muito tempo para sair depois da sua aprovação e com dinheiro no bolso.

Mas, a disciplina deve ser desenvolvida aos poucos, ou seja, viva cada dia de uma vez. Comece estudando uma hora por dia e na próxima semana aumente para duas, e depois vá aumentando de forma progressiva. Desta forma, o seu corpo e a sua mente se acostumam com a rotina de trabalhar e estudar. Por isso, é fundamental que você faça um planejamento de estudo. 

Invista em um curso preparatório

Se você tem a oportunidade de se matricular em um curso preparatório, mergulhe de cabeça! Eles possuem todo o suporte e a infraestrutura para que você tire suas dúvidas, aprenda itens específicos e discuta com professores e colegas de sala. Também auxiliam a se orientar e a ter disciplina.

Caso não tenha a possibilidade fazer um curso presencial, saiba que muitas instituições oferecem cursos on-line também. Eles contam com ótimas videoaulas e conteúdos virtuais que podem oferecer o mesmo suporte do presencial, porém assistidos no conforto de sua casa.

Caso a falta de tempo seja um dos empecilhos para que você possa realizar cursos presenciais — pois há outras obrigações diárias, como o trabalho —, não se preocupe: a tecnologia está ao seu favor.

Há instituições específicas para quem deseja alcançar a tão sonhada aprovação em um concurso e que, para isso, oferece de forma on-line cursos preparatórios com profissionais especializados e bastante conceituados nas áreas em que você mais precisa, como o português.

Ou seja, você pode programar-se para estudar de acordo com seus horários e suas necessidades, aprimorando técnicas e habilidades, e contando com o suporte de professores renomados no mercado para sanar todas as suas dúvidas.

Faça pausas regulares

Muitas vezes pensamos que o ideal é estudar o máximo de horas possíveis sem intervalos, não é mesmo? No entanto, isso pode ter o efeito contrário e ser totalmente contraproducente. Para tornar isso mais claro, imagine que se estivesse se preparando para uma corrida, você não treinaria horas e horas sem pausas. O mesmo acontece com os estudos. Para que você guarde o conhecimento a longo prazo, é preciso intercalar tudo com pequenos intervalos.

Uma boa dica é usar a Técnica Pomodoro. Ela nada mais é que um método de pausas de 5 minutos a cada 25 minutos bem focados na tarefa (o Pomodoro). Após 4 “pomodoros”, você pode ter um intervalo maior, de 15 a 20 minutos. Você descansa e não se distrai com facilidade.

O seu estudo deve ser qualitativo, e não quantitativo. Ou seja, você deve focar no aprendizado do conteúdo, e não no tempo que ficou lendo ou assistindo às aulas. Você soube aproveitar o seu estudo? Conseguiu aprender de forma efetiva? Foque na qualidade! Não perca tempo se comparando com outras pessoas que podem ter mais tempo de estudo que você. Apenas faça a sua parte e da melhor maneira possível.

De acordo com um estudo realizado pelo departamento de Psicologia da University of California, Los Angeles, nos Estados Unidos, fazer pausas durante o estudo auxilia na memorização do conteúdo inclusive de longo prazo e variar o lugar também pode aumentar a possibilidade de recuperação de dados importantes. Então, que tal sair um pouco do seu cantinho de estudo e ir para a biblioteca? Procure lugares novos para estudar e mudar um pouco o ambiente. Isso pode fazer a diferença para o seu aprendizado.

Você estabeleceu que ia descansar 10 minutos? 20 minutos? Não importa! Respeite o tempo estabelecido e não trapaceie. Se por algum motivo prorrogou o tempo de descanso, aumente o de estudo de forma proporcional. Durante o descanso desconecte-se do estudo. Não adianta descansar a mente e ficar preocupado com a quantidade de matérias que faltam para ler, exercícios para resolver, ou seja, foque em relaxar para renovar as energias. Preocupações e ansiedade geram um alto gasto de energia e, muitas vezes, inúteis. Desta forma, não deixe de incluir pausas no seu estudo.

Priorize as matérias em que você tem mais dificuldades

As matérias mais difíceis demandam mais atenção e tempo de estudo. Se sua intenção é ficar entre os melhores, você precisa ter um bom desempenho em todas elas e, para isso, é necessário alocar mais tempo para as que você tem mais dificuldade. Por mais prazeroso que seja estudar aquilo que você gosta e tem facilidade, isso não é muito estratégico.

Assim, separe mais tempo para os assuntos que você não tem total domínio e priorize-os. Se necessário, procure amigos que consideram esses tópicos mais fáceis, monte grupos de estudo ou converse com professores. Logo mais você estará colhendo bons frutos.

Existem diversas discussões sobre quais são as melhores formas de estudar, mas a melhor maneira é aquela com a qual você se sente confortável, empenhado e que consiga reter o conhecimento. Estudar deve ser um hábito e você precisa se apaixonar, para fazer o seu melhor. Desta forma, busque compreender o conteúdo, entender o que você está lendo e, sobretudo, a importância disso para mudar a sua vida. Não tenha medo dos desafios, ou seja, encare-os de frente e com muita determinação. Lembre-se de que você pode aprender qualquer conteúdo que desejar!

Você escolheu estudar, certo? Então pague o preço pela sua aprovação e pode ter certeza de que valerá a pena cada esforço. Você sabe aonde quer chegar? Para superar cansaço, estresse e “qualquer desculpa” conecte-se com o seu objetivo. Foque na vaga e mantenha na sua mente o porquê quer passar. Uma boa estratégia é fazer um mural com os seus sonhos. O que fará após a aprovação? Vai casar? Viajar? Comprar um carro? Pregue tudo no seu cartaz. Quando o cansaço bater, é só visualizar e renovar as forças.

Passar em um concurso público DEVE ser a prioridade na sua vida. É necessário internalizar e manter isso na sua mente, para que você possa ter força para superar a preguiça e o desânimo. Desta forma, comprometa-se com a sua classificação. Lembre-se de que a sua nota será proporcional ao seu esforço. Portanto, aproveite cada minuto do seu dia para ler, revisar ou resolver exercícios. Planeje os seus estudos e cumpra o que foi determinado. Tenha compromisso com o seu sonho. Seguindo todas as dicas, você conseguirá ser aprovado no concurso dos seus sonhos.

O que achou de nossas dicas sobre como passar em um concurso público? Esperamos que elas sejam úteis para você. Agora que sabe como conseguir a aprovação, que tal saber também como eliminar a ansiedade e evitar que ela atrapalhe seus estudos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.