Como ler um edital de concurso público?

O primeiro passo para quem quer conquistar uma vaga em um concurso público é saber como ler um edital — um documento que, apesar de longo, apresenta muitas informações importantes. Com ele, é possível entender se vale a pena concorrer àquela vaga e o que você vai precisar para ser aprovado.

É imprescindível que a leitura do edital seja feita com a máxima atenção, pois uma frase mal interpretada pode eliminar um candidato — inclusive os mais preparados. Além disso, o conhecimento evita surpresas no decorrer do processo por incompreensão das regras estabelecidas. Portanto, ler corretamente o documento é fundamental para o seu sucesso na prova.

Pensando nisso, preparamos este artigo com orientações de como ler um edital de concurso público e ter um bom entendimento do que será pedido. Boa leitura!

Confira as informações sobre o cargo

Para saber se há alguma posição específica para a sua formação, é importante conhecer os tipos de funções disponíveis e a quantidade de vagas ofertadas. Existem cargos que aceitam qualquer diploma de graduação e outros que exigem mais especificações.

O edital também informa as etapas de avaliação que, geralmente, são duas: a de provas e a de títulos. É essencial saber a pontuação e o que é considerado na análise de títulos, pois eles podem deixar o candidato em vantagem.

Outra informação muito importante é o número de vagas destinadas às pessoas com deficiência e as ofertadas para cotistas. Lembre-se de que há uma avaliação específica para esses candidatos, portanto, preste muita atenção nesses detalhes.

Verifique o nível de escolaridade exigido

Ao ler um edital, fique atento ao nível de instrução exigido — não adianta ser formado em Engenharia e querer concorrer a uma vaga exclusiva para bacharéis em Direito, por exemplo. Candidatos que ainda não concluíram uma graduação podem perder a vaga se não cumprirem o requisito de formação até a data da posse.

Existem certames que exigem formação de nível médio com o complemento de uma capacitação em alguma área específica, como técnico em administração. Por isso, é importante saber se você tem os diplomas requeridos para assumir o cargo.

Os concursos voltados para a área do direito também podem exigir tempo de prática jurídica, que deve ser comprovada com documentos. Existem outros requisitos que podem estar presentes no edital, dependendo da função a ser exercida e do órgão público. Por isso, tenha atenção aos detalhes!

Veja o local da prova

Descobrir o local da prova apenas quando você imprimir o cartão de confirmação pode não ser uma boa ideia. Muitas pessoas só percebem que a avaliação será realizada em cidades ou estados distantes em cima da hora e não conseguem mais se planejar.

Por isso, antes de se comprometer com um concurso, saiba exatamente quando e onde as provas serão realizadas. Se for necessário, se programe para fazer uma viagem — geralmente, é imprescindível chegar com uma hora de antecedência ao local onde o exame será realizado.

Entenda como a prova funciona

Entender como a prova funciona é fundamental para a sua aprovação. Sempre que ler um edital, veja os critérios de avaliação do exame. No caso da CESPE, por exemplo, uma resposta errada anula uma certa — e muitas pessoas vão para a prova sem saber disso!

Além disso, analise:

  • o número de questões;
  • o peso de cada uma;
  • se a omissão de resposta tem efeito nulo ou negativo;
  • se alguma disciplina específica será cobrada;
  • se existe nota mínima por matéria (nota de corte);
  • se será necessário fazer prova dissertativa ou prática.

Também é interessante entender os critérios de desempate, caso haja igualdade na pontuação obtida no exame. Alguns critérios comuns são nota mais alta na prova de conhecimentos específicos, maior idade, entre outros.

Fique de olho no conteúdo programático

Leia todo o conteúdo programático para conhecer as matérias e os assuntos específicos de cada item que podem ser cobrados no certame. Normalmente, eles são apresentados em anexo. Alguns editais divulgam as informações de forma mais generalista, enquanto outros apresentam uma descrição detalhada.

Depois, monte o seu cronograma de estudos com base nessas informações. Calcule o número de dias que você tem para estudar e distribua as matérias importantes ao longo desse período. Se possível, faça questões de certames anteriores para conhecer o estilo da prova e reveja o conteúdo antes do exame.

Observe o peso de cada matéria

Esse é um ponto importante para que você possa planejar o tempo de estudo e se dedicar, principalmente, aos conteúdos que são mais importantes para a pontuação final. Algumas provas atribuem o sistema de pesos como avaliação, ou seja, uma matéria específica pode ter peso 2, enquanto os conhecimentos comuns para todas as áreas possuem peso 1.

Além disso, observe se terá redação e entenda as suas exigências, como número mínimo de linhas, quantos pontos ela vale e o quanto pode impactar na aprovação. Inclua todos esses detalhes no seu plano de estudos.

Outro ponto importante é o critério de eliminação. Alguns certames exigem uma pontuação mínima em cada área do conhecimento, eliminando os candidatos que não alcançarem tais notas. Isso é fundamental, principalmente, em assuntos que contam com poucas questões. Por isso, tenha todas essas particularidades em mente ao se organizar para os estudos.

Fique atento aos prazos

Esteja extremamente atento aos prazos para não ser eliminado por um pequeno deslize. Agende todas as datas importantes, como:

  • prazo para inscrição;
  • vencimento do boleto ;
  • dia de realização da prova etc.

Lembre-se que é imprescindível se programar para cumprir todas as etapas, de preferência, com antecedência. Assim, você não será surpreendido por imprevistos.

Outro prazo importante que você deve ter conhecimento é o destinado aos recursos. Eles visam a anulação ou a alteração de gabaritos preliminares de questões objetivas, bem como a revisão da pontuação de questões discursivas. Mesmo que você não saiba se será necessário entrar com um recurso, é importante salvar essa data.

Entender como ler um edital de concurso público é fundamental para otimizar seu tempo de estudo, evitar surpresas e ter certeza de que aquela vaga se encaixa no seu perfil. Além disso, é preciso ficar atento às retificações do documento, que são publicações posteriores que modificam ou acrescentam alguma informação referente ao certame. Confira o site da banca para se manter informado e verificar se houve alguma alteração.

Se você quer ganhar mais tempo e se preparar ainda melhor, comece a estudar português antes de o edital ser publicado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.