Como se dar bem em provas de português para concursos públicos?

Muitos profissionais têm procurado alcançar níveis mais altos em suas carreiras e, para isso ocorrer, optam por prestar concurso público no intuito de conseguir uma estabilidade financeira. Entretanto, por ser algo muito procurado, a concorrência acaba sendo um ponto a se analisar ao fazer uma prova desse porte. Para se ter uma ideia, o edital para o IBGE totalizou mais de 430 mil inscritos no primeiro semestre deste ano.

Uma das disciplinas que acaba tirando o sono de muitos “concurseiros” é língua portuguesa, devido à complexidade das regras gramaticais que o nosso idioma possui, o que o torna um percalço para boa parte das pessoas.

E você? Se julga com preparo para realizar uma boa prova de português para concurso público? Confira estas 4 dicas para que consiga se dar bem na prova e aumentar suas chances!

1. Leia regularmente

Caso você não possua, ainda, o hábito da leitura, saiba que é fundamental que tenha um perfil engajado nisso, pois, aos poucos, vai construir uma visão ampliada e instrutiva sobre muitos textos.

É importante estar ciente de que muitas das questões apresentadas no dia da prova terão textos que vão exigir uma boa capacidade de interpretação, por exemplo. É imprescindível estar habituado com os principais clássicos da literatura brasileira e portuguesa e saber da importância deles para o idioma.

Autores como Machado de Assis, Manuel Bandeira, Clarice Lispector, Gil Vicente, Luís de Camões, Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade, Eça de Queiróz, Jorge Amado, entre outros, são indispensáveis na biblioteca de qualquer pessoa que queira alcançar uma boa nota na prova de português.

Ler blogs de articulistas conhecidos e manter um acervo sobre obras gramaticais voltadas para concurso público também serão atitudes interessantes, porque quanto mais você ler sobre o que pode cair numa prova, melhor poderá ser o seu desempenho. Boas sugestões de livros nesta linha são:

   

  • Como passar em provas e concursos — William Douglas;
  • Português Descomplicado – Flávia Rita Coutinho Sarmento
  • Gramática Comentada com Interpretação de Textos — Adriana Figueiredo e Fernando Figueiredo;
  • Moderna Gramática Portuguesa atualizada pelo novo Acordo Ortográfico — Evanildo Bechara;
  • Português para Concursos ­— Renato Aquino;
  • Interpretação de Textos e Semântica para Concursos — Marcelo Rosenthal, Lilian Furtado, Tiago Omena e Pedro Henrique.

2. Resolva exercícios de provas anteriores

A partir do momento que você definiu quais serão os editais em que se inscreverá, procure exames antigos desses concursos e, principalmente, resoluções comentadas deles. Várias apostilas contêm toneladas de exercícios que serão muito importantes para seu aprendizado.

Simular o máximo possível do ambiente de prova que lhe aguarda é conclusivo para buscar bons resultados. Na internet existem inúmeros editais disponíveis para análise e resolução, seja por meio de sites especializados, aplicativos de concursos e vestibulares ou até mesmo com videoaulas sobre português.

Treinar é imprescindível para conquistar um bom resultado em qualquer desafio que queira se aventurar, pois só com muito treino é que um candidato consegue verificar quais são suas principais dificuldades acerca da matéria e onde encontra maior facilidade.

Um balanço do seu desempenho será útil para acompanhar o que realizou até o momento e como pode ser o seu plano de ação para suprir o que precisa em matéria de conhecimento daquela questão. Não deixe de fazer um resumo sobre o que aprendeu até então, pois isso é um fator que ajudará na hora de lembrar algum estilo de exercício e também auxilia no processo de assimilação da matéria.

Releia sempre na hora de responder e procure cronometrar o tempo que acaba levando em cada exercício, pois isso pode facilitar na hora de otimizar os minutos necessários para responder questões mais complexas.

3. Redija eventualmente textos dissertativos

Fazer redações é uma maneira de compreender melhor a escrita e várias das regras gramaticais que sempre caem em concursos públicos, sem contar que boa parte das provas cobram exercícios dissertativos-argumentativos para saber a noção dos candidatos quanto a essa competência.

Crie um cronograma de redações semanais visando à carreira que pretende seguir. Entenda que quanto mais você se aprimorar naquilo que almeja, mais perto estará dos seus objetivos. Informe-se bem com relação às notícias do momento e procure sempre demonstrar uma opinião sobre aquilo que viu. Opte por telejornais de renome e que realmente apresentam uma visão abrangente sobre os fatos.

Coloque no papel todos os argumentos que possui sobre algum tema e quais seriam as soluções plausíveis para resolver o problema em questão. Atente-se à pertinência que o conteúdo apresenta, à estrutura do seu texto, às justificativas que abordará sobre as ideias, objetividade e conhecimento adquirido para realizar uma boa redação.

4. Tenha acesso a podcasts jurídicos ou jornalísticos

Como as provas exigem um domínio da língua portuguesa, uma dica interessante para os estudantes que pretendem prestar um concurso conceituado e bem concorrido é ter acesso à forma como alguns profissionais se expressam. Você há de convir que as pessoas que trabalham na área jurídica e jornalística devem manter uma linguagem culta, não necessariamente rebuscada, mas eficaz numa conversação de negócios e por questões de suas carreiras.

Ouvir podcasts ajuda muito, principalmente para quem não possui muito tempo de estudar e se dedicar de forma presencial numa sala de aula. Eles dão liberdade de acompanhar conteúdos inerentes à matéria em qualquer lugar que esteja.

É uma maneira de se manter conectado com as atualidades e ainda ter contato com as formas corretas de muitas situações gramaticais. Algumas boas dicas de podcasts são o Juriscast, CBN Mauro Halfeld, CBN Carlos Alberto Sardenberg, Café Brasil, Português com humor etc.

Preparar-se para uma prova de português para concurso público é uma tarefa que exige foco, determinação e estudo constante, pois serão as premissas necessárias para que você possa galgar patamares superiores em sua carreira profissional.

Tenha em mente que a língua portuguesa não é uma matéria necessariamente difícil, mas apenas meticulosa quanto algumas regras. Portanto, se estudada com afinco, as chances de adquirir uma boa posição na lista de aprovados do exame serão efetivamente maiores.

O que achou das dicas e informações que foram passadas? Conseguiu compreender bem o assunto? Então aproveite para assinar a nossa newsletter e acompanhar todas as novidades do blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.