5 dicas para se preparar para a prova aberta de português

É crescente o número de pessoas que opta por prestar concursos públicos, visando à estabilidade financeira e a ocupação de bons cargos. Devido a essa concorrência ferrenha, há um clima de muita tensão entre os candidatos.

É importante para o concurseiro se dedicar ao máximo para alcançar bons resultados e não ficar pelo caminho por não ter chegado a nota de corte, não é verdade?

Dentre as matérias mais relevantes na maioria das avaliações e das principais bancas examinadoras destaca-se a língua portuguesa. Você tem estudado para a prova aberta de português? Confira estas 5 dicas imperdíveis para se preparar melhor!

1. Faça um cronograma e organize-se

Para qualquer estudo que for se dedicar é necessário elaborar um planejamento. A língua portuguesa, particularmente, requer atenção redobrada para se obter bons resultados.

Se deseja gabaritar a prova, é imprescindível que haja organização quanto ao seu material de estudo, os horários que pretende se dedicar a cada assunto e um bom ambiente para se concentrar.

Esse não é o momento para procrastinação e nem para dar forças ao cansaço, porque todo objetivo necessita de esforço para ser alcançado. Escolha um lugar que não te provocará sono e que também te permita concentrar.

É interessante que você crie listas dos principais assuntos que costumam cair nas provas de português e determine o tempo necessário de foco em cada tema. A técnica pomodoro poderá ajudar bastante nisso.

Siga diariamente esse cronograma para criar uma rotina de estudos sólida, buscando os resultados que almeja chegar. Mantenha seu objetivo anotado, por perto, para que se lembre dele sempre.

2. Resolva questões de provas anteriores

Treinar bastante as situações que podem ocorrer no dia da prova são de extrema valia para acostumar seu corpo e a sua mente e evitar aquele nervosismo na hora do teste.

Um atleta não conquista uma medalha de ouro sem treino, portanto, um estudante também não conseguirá ter bons resultados se não buscar o conhecimento para tal feito. Resolver questões de provas anteriores ativa a memória e te deixa mais preparado para os níveis de dificuldade de cada banca.

Os concursos administrados pela Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp), por exemplo, exigem bastante conhecimento gramatical, sendo que as perguntas se misturam entre complexas e simples.

Na internet existem vários sites e aplicativos com simulados disponíveis. Por isso não dispense as oportunidades que a tecnologia proporciona para dar qualidade aos seus estudos.

Releia questões comentadas por professores e faça um resumo, dentro de seu cronograma, para acompanhar como está o seu progresso. Anote os resultados obtidos e revise a matéria a partir dos conteúdos que está apresentando maior número de erros.

Faça redações também, porque muitos concursos públicos cobram essa competência. Quanto mais você desenvolver a sua escrita, melhor estará sua compreensão e argumentação sobre o que for proposto.

3. Leia constantemente

Isso te ajudará muito nas questões discursivas, que tendem a apresentar um foco na interpretação de texto aliada a outros temas do português. Ao ler muito, o seu poder de interpretação e o seu vocabulário serão enriquecidos, já que a leitura tem um poder incrível de expandir a mente em torno das palavras e seus significados.

Se você, atualmente, não possui o hábito da leitura, então procure adquiri-lo, aos poucos, para construir uma visão argumentativa interessante e não fazer feio no dia da prova.

As questões discursivas costumam proporcionar aquele “frio na barriga” — o que é algo absolutamente normal. Contudo, se você estiver preparado e consciente do que deve fazer, naturalmente as palavras fluem na hora de respondê-las.

4. Priorize conteúdos de maior dificuldade

Para realizar a prova, otimize o seu tempo para ter tranquilidade e conseguir responder todas as questões — pode estimar um período para a redação, depois focar nas questões em que domina para, por último, partir para os desafios. Dê uma boa estudada naqueles conteúdos que “te deixam de cabelo em pé”, pois se forem cobrados no exame, você perderá menos tempo resolvendo-os.

A língua portuguesa, em alguns aspectos, torna-se complexa e com regras que são complicadas de decorar logo de cara. É fundamental que você procure formas de assimilar a matéria de uma maneira que não seja torturante aprender.

Quando você compreende um conteúdo de maneira simples e sem desespero, ele fica mais “vivo” em sua mente e o assunto passa a ser algo habitual.

Assistir às videoaulas no YouTube é uma boa maneira de guardar os tópicos que possui maior dificuldade. Acompanhar o método como outras pessoas explicam é interessante para você estimular o seu raciocínio.

Faça várias anotações em suas apostilas de concurso, principalmente nos temas mais difíceis que pretende revisar e estudar. Se possível, leia em voz alta o assunto e as regras nele contidas e, se possível, faça a gravação auxiliar na memorização.

5. Procure maneiras de memorizar

Saber tudo da noite para o dia é uma tarefa impossível, mas aproveite todo o tempo em que dispõe para compreender o máximo de itens que o edital do concurso apresenta. Memorizar aquilo que já estudou é imprescindível para mandar bem e avançar no conteúdo programático.

Concurseiros experientes possuem vários macetes e ferramentas para recordar da matéria estudada. Você também pode usar recursos para auxiliar a lembrança, como as analogias. Faça associações do que precisa aprender com situações do seu cotidiano, por exemplo.

Utilize flashcards para visualizar todos os dias, criar acrônimos, acrósticos e rimas que indiquem maneiras mais eficientes de absorver o que deve ser aprendido. Exercite bastante a sua imaginação e crie ferramentas facilitadoras para os estudos. Dessa forma, você terá a calma e a confiança necessárias para se dar bem no dia da prova.

Preparar-se para uma prova aberta de português é uma tarefa que exige sacrifícios e determinação. Não deixe a ansiedade tomar conta da sua mente e sempre, antes de qualquer prova, procure relaxar ao máximo.

Lembre-se de respeitar as pausas durante seu estudo e tenha ciência de que uma boa alimentação fará com que seu organismo funcione de maneira regular, para que você consiga ter tranquilidade quando o grande dia chegar.

E aí, conseguimos te ajudar? Coloque em prática essas dicas e deixe um comentário neste post nos dizendo como foram as suas experiências anteriores em concursos e como pretende se organizar para os próximos. Bons estudos! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.