Banca Consulplan: tudo que você precisa saber

Uma das melhores estratégias para conseguir a classificação é, além de estudar, conhecer o perfil da banca organizadora. É fundamental saber o estilo da prova, os assuntos mais cobrados, as pegadinhas, ou seja, fazer uma análise criteriosa da organizadora. A Consulplan é uma das principais bancas de concursos públicos e será a responsável pelo concurso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), e, provavelmente, da Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH). Que tal ficar por dentro de todos os detalhes para dominar a organizadora? Vamos lá? 

Como são os concursos da banca Consulplan?

Geralmente, as provas não apresentam um nível de dificuldade muito alto, como as que são feitas pelo Cespe/Unb ou Fundação Carlos Chagas (FCC). O tempo médio de estudo para a aprovação de um candidato é de 06 meses a 1 ano. Se você quiser começar a treinar, pode fazer o download das últimas provas elaboradas pela organizadora para os concursos do TSE, TRF Rio de Janeiro, TRE MG.

Diferente de bancas tradicionais como a FCC, a prova não tende a ter textos muitos longos ou complexos, normalmente são mais curtos, focados e objetivos. Além disso, as perguntas são mais diretas, simples e objetivas. 

Como é o formato da prova da Consulplan?

As questões são de múltipla escolha com 05 ou 04 alternativas cada uma. Dependendo da matéria como direito, por exemplo, é necessário que o candidato tenha muita atenção, principalmente, em pegadinhas.

Geralmente, a prova cobra a letra da lei e não exige conhecimento em jurisprudência ou súmula. Ou seja, é necessário decorar todo o artigo. Fique atento a palavras chaves, pontuação e ressalvas. É comum a banca trocar uma palavra por outra, ou apenas mudar um sinal de pontuação, que pode alterar todo o sentido. 

Como é a prova de português da Consulplan?

A banca cobra muita gramática e os conteúdos mais cobrados são: concordância verbal, acentuação, crase, ortografia e pontuação. Os textos são simples e as perguntas de interpretação de texto não são muito difíceis, mas é necessário que o candidato fique atento.

Como são cobradas as disciplinas de informática e direito?

Informática é muito explorado pela banca e os temas mais recorrentes são teclas de atalho, e-mail, protocolos e Pacote Office. Uma das melhores estratégias de estudo é fazer exercício, para memorizar as principais cobranças.

A parte de direito da Consulplan não tem muita dificuldade, você precisa conhecer muito bem a lei seca da Constituição Federal, o Código de Processo Civil ou as leis que abordam Direito Administrativo. Treine ler e fazer associação para decorar prazos, por exemplo. 

Como ser aprovado na banca Consulplan?

Prepare-se com antecedência para os concursos da organizadora, para ganhar tempo e conhecimento. Está dica vale também para outras bancas, viu? Não deixe para estudar apenas quando o edital for publicado.

Para dominar de forma definitiva estude com o curso de português e correção de 400 questões com a Professora Flávia Rita, que faz uma ampla revisão teórica e aborda os assuntos cobrados pela organizadora por meio de exercício. Clique aqui para assistir uma aula gratuita e ganhar tempo na sua preparação!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.